Mais uma vez me sinto radiante e empolgado com os frutos do meu trabalho. Fui entrevistado e várias fotos minhas foram publicadas em editoriais da revista O Povo Noivas 2014.

Além de vários anúncios de colegas de outras áreas, algumas imagens ilustram matérias importantes, como “Os pequenos na festa” (p. 122.), “Casamento em tempos de câmeras digitais” (p. 132.) e “Para fugir do convencional” (p. 202.). Uma foto minha finaliza a revista na seção “Serviço” (p. 246.).

Segue trecho da entrevista:

O Povo – Qual sua opinião da “mãozinha” que os convidados dão aos fotógrafos na hora da cerimônia com seus tablets e iPhones?

Fábio Meireles – Nos casamentos eu sempre brinco dizendo que – a concorrência esta acirrada! – quando vejo o monte de convidados mais concentrados em registrar o evento que vivenciá-lo. Não vejo isso como um problema em relação ao meu trabalho, pois de certa forma até o valoriza, mas acredito que não é de bom tom a falta de envolvimento que denota tal atitude.

Quando o convidado registra o casamento sem sair do seu lugar não atrapalha em nada. Acredito até que esse interesse pela fotografia até mesmo valoriza o trabalho dos bons fotógrafos, pois a comparação é inevitável e, mesmo com todos os avanços tecnológicos que propiciam boas capturas sem conhecimentos técnicos, a sensibilidade, o olhar e a técnica fotográfica são melhor compreendidos e valorizados por quem vivencia a fotografia em seus iPhones do que quem se mostra alheio à mesma.

O Povo – Você concorda com o movimento “unplugged wedding”, no qual os convidados se desplugam dos eletrônicos e curtem a festa?

Fábio Meireles – Totalmente! Eu sempre digo que a minha fotografia não apenas para relembrar, mas para reviver. Neste sentido, gosto de captar as relações e os sentimentos das pessoas. Gostaria que elas curtissem mais os momentos e não ficassem concentradas em seus equipamentos.

O Povo – Como você lida com os convidados que insistem em utilizar os eletrônicos durante a cerimônia? 

Fábio Meireles – Eu sou bem tranquilo… normalmente o fotografo junto, mesmo quando insistem em invadir o corredor o subir no altar. Como me proponho a fotografar o que aconteceu, sem interferir no andamento das coisas, componho a cena e faço uma foto bem bonita do “invasor”.

O Povo – Liste algumas dicas, vamos dizer de etiqueta, para os convidados ao usar os eletrônicos no casamento, a fim de evitar o exagero ou mesmo estragar as fotos oficiais.

Fábio Meireles
1 – Desligue o celular!
2 – Lembre-se que sua atitude de disputar a imagem com o fotógrafo da noiva demonstra egoísmo e falta de educação, pois você está tomando para si uma imagem esperada e sonhada por quem o convidou.
3 – Lembre-se que quando você está fazendo um selfie ou fotografando sua amiga num momento importante da festa, como a primeira dança ou os agradecimentos, você está mandando um recado que não está nem aí para o evento e para os noivos, mas preocupada apenas consigo mesma.
4 – Desligue o celular!
5 – Desligue o celular!

Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-01
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-02
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-03
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-04
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-05
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-06
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-07
Fabio Meireles Revista O Povo Noivas 2014-08

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s